nov 11

O TEMA DO PROXIMO MET GALA JÁ FOI REVELADO

About Time: Fashion and Duration é o título da próxima exposição e gala do nova-iorquino Metropolitan Museum. 

Há mais de 40 anos que as primeiras segundas-feiras de Maio têm outro sabor. Tudo isto graças ao Met Gala, o evento que se transformou num dos principais marcos para a indústria da Moda e todos os seus investidores e simpatizantes. Depois de Camp: Notes on Fashion, tema que deu nome a festa desse ano, chega About Time: Fashion and Duration, o tema escolhido para o 2020, ano em que o Metropolitan Museum of Art celebra o seu 150º aniversário. Segundo Andrew Bolton, curador do Costume Institute, em entrevista à Vogue norte-americana, o tema escolhido para a gala e exposição vai oferecer uma “abordagem repleta de nuances e fins abertos. É uma reimaginação da história da Moda fragmentada, descontinuada e heterogénea.”

O filme Orlando (1992) de Sally Potter, inspirado na obra literária do mesmo nome da britânica Virginia Woolf, foi o ponto de partida. “Há uma cena maravilhosa no filme em que Tilda Swinton [que protagoniza o filme] entra num labirinto com uma túnica feminina do século XVIII à lá francesa e enquanto ela corre as suas roupas mudam para indumentárias do século XIX e acaba por surgir na Inglaterra de 1850. Foi daí que surgiu a ideia”, contou Bolton, na mesma entrevista. 

A exposição, que contará com cerca de 160 peças dos últimos 150 anos, vai ser acompanhada por citações de algumas das obras de Virginia Woolf, entre elas OrlandoMrs. Dalloway e To the Lighthouse, que têm um grande foco no tempo. Às palavras de Woolf, as teorias do filósofo francês Henri Bergson – que no início do século XX trabalhou o conceito da duração do tempo – vão ter ainda uma grande influência nesta exposição. Já o escritor Michael Cunningham, que arrecadou um Pulitzer em 1999 pelo seu livro The Hours, que nada mais é do que uma leitura pós-modernista de Mrs. Dalloway, onde o ponto central se foca em três gerações de mulheres afetadas pelo clássico de Virginia Woolf, vai contribuir com uma pequena história para o livro oficial da exposição. 

A roupa é a primeira coisa que te vem à cabeça quando pensas numa era – pensas nos vestidos pannier quando dizes século XVIII, só depois é que te lembras da arquitetura ou de outra coisa qualquer”, disse Karl Lagerfeld num vídeo exibido no passado mês de junho, durante o seu memorial. A missão de Andrew Bolton com About Time: Fashion and Duration é precisamente desafiar o espectador a pensar de uma forma diferente sobre a história da Moda. 

Para conseguir tal feito, o curador norte-americano vai dividir esta exposição em duas secções. A primeira é uma timeline de coordenados pretos, que segundo o mesmo: “É uma cronologia muito racional da Moda desde 1870 a 2020, uma escala temporal muito moderna.” Na segunda secção, apresenta-nos uma contra-cronologia com criações maioritariamente pintadas de branco, que têm como principal função fazer-nos olhar para a roupa como obras temporais de cada década. “Esta exposição vai ter em conta o lado efémero da Moda, com flashbacks e fast-forwardspara mostrar de que maneira é que a indústria pode ser linear e cíclica”, explica Max Hollein, diretor do Met, num comunicado de imprensa.

About Time: Fashion and Duration vai ser possível devido à Louis Vuitton, a grande patrocinadora do evento, uma escolha certeira devido à grande história que a Maison tem vindo a imprimir na indústria. A Nicolas Ghesquière, diretor criativo da Louis Vuitton, vão juntar-se Lin-Manuel Miranda, Meryl Streep, Emma Stone e Anna Wintour, a grande anfitriã da noite, como co-chairs da Met Gala, que acontece na noite de 4 de maio. 

A exposição começa dia 7 de maio de 2020 e fica até o dia 7 de setembro de 2020.